0

Resident Evil: PS1 Collection 1-2 e 3 (PS1) [1996-1999] Legendado em PT-BR – Download Torrent Free “Survival Horrror | Shooter”

N7uj9yss o

Resident Evil, conhecido no Japão como Biohazard (バイオハザード, Baiohazādo?), é um jogo eletrônico de survival horror feito pela Capcom. Lançado originalmente para o PlayStation em 1996, fora no ano seguinte convertido para PC e Sega Saturn e relançado no PlayStation e em outras plataformas em versões especiais. Também recebeu um remake para o Nintendo GameCube.

Resident Evil é baseado no jogo Sweet Home,[3] o qual é baseado no filme japonês Suiito houmu (Sweet Home), que foi lançado apenas no Japão em 1989 para o Famicom (Nintendo Entertainment System). Resident Evil herdou muito dos elementos Sweet Home incluindo a mansão, os quebra-cabeças e até a tela de carregamento na forma de uma porta que se abre.

Enquanto os jogos iniciais da série foram anunciados no mercado asiáticos e ocidentais sob o título BioHazard, a ramificação americana da Capcom mudou o título para Resident Evil alguns meses antes do lançamento. Apesar de nenhum motivo oficial para a mudança ter sido divulgado, é dito que o motivo para a troca foi referente a uma infração de propriedade intelectual, provavelmente pelo fato do nome BioHazard nos EUA pertencer a uma banda.

A maioria dos jogos da série são na perspectiva em 3ª pessoa, vendo todos os personagens por cima enquanto eles se movem por cenários pré-renderizados. Apesar de Resident Evil ter sido um dos primeiros jogos a usar este estilo de jogo nos consoles, a técnica foi primeiramente usada na série de jogos para PC, Alone in the Dark que também é citado como o primeiro jogo do gênero survival horror. Esses cenários estáticos agradaram muito os fãs, apesar de CODE: Veronica, Resident Evil 4 e, mais recentemente, Resident Evil 5, Resident Evil 6 e Resident Evil 7 terem apresentados cenários em tempo real.

Alguns dos jogos permitem ao jogador escolher de um a dois personagens, os quais afetarão em que partes da história serão revelados segredos adicionais, pequenas missões, armas e finais destraváveis após completar o jogo com ambos personagens.

A série Resident Evil é controversa quanto ao uso de violência, mutilações e sangue, que são vistos por todo jogo, do começo ao fim. Cada jogo começa por uma mensagem avisando que “Este jogo contém cenas sangrentas e de violência explícita” (“This game contains scenes of explicit violence and gore”). Deve ser notado que a violência no jogo, diferente da série Grand Theft Auto, é praticamente exclusiva com os zumbis e mutantes não humanos, e, apenas duas vezes, o jogador teve que lutar e matar outro ser humano (os quais, em geral, eram vilões). De qualquer modo, os personagem do jogador são humanos e suas mortes são bem detalhadas – especialmente no Resident Evil 4 e Resident Evil 5, onde o protagonista pode ser decapitado, partido ao meio e outros detalhes. A tela de Game Over também acrescenta a isso as palavras “You Died” ou “You are Dead” (“Você Morreu” ou “Você está morto”) em uma fonte de sangue.

Houve negociações da Capcom com a Nintendo para tornar os títulos Resident Evil exclusivos para seus consoles, ao menos trama principal, isso acabou por manter alguns títulos exclusivos para os consoles da Nintendo como o Resident Evil 0 no Gamecube.

Resident Evil 2, conhecido no Japão como Biohazard 2 (バイオハザード2, Baiohazādo Tsū?) é um jogo eletrônico de survival horror lançado originalmente para o PlayStation em 1998. Desenvolvido pela Capcom como o segundo título da série Resident Evil, sua história se passa dois meses após os eventos do primeiro jogo. Ele é ambientado em Raccoon City, uma comunidade americana cujos moradores foram transformados em zumbis pelo T-virus, uma arma biológica desenvolvida pela empresa farmacêutica Umbrella Corporation. Em sua fuga da cidade, os dois protagonistas, Leon S. Kennedy e Claire Redfield, encontram-se com outros sobreviventes e são confrontados por William Birkin, o criador de um vírus ainda mais poderoso chamado de G-virus, que ele injetou em si mesmo.

A jogabilidade de Resident Evil 2 centra-se na exploração, solução de quebra-cabeças e combate, apresentando elementos típicos do gênero survival horror, tais como munição e salvamentos limitados. A principal diferença do jogo com seu antecessor é o “Sistema Zapping”, que fornece a cada personagem história e obstáculos únicos. Desenvolvido por uma equipe entre quarenta e sessenta pessoas ao longo de um ano e nove meses, Resident Evil 2 foi dirigido por Hideki Kamiya e produzido por Shinji Mikami. A versão inicial, comumente referida como Resident Evil 1.5, diferia drasticamente do produto final e foi descontinuada quando já estava com mais de sessenta por cento finalizada, depois de ter sido considerada “maçante e chata” pelo produtor. O resultado da recriação introduziu cenários diferentes e uma história mais cinematográfica, apoiada por uma trilha sonora que emprega “desespero” como tema subjacente.

Resident Evil 2 foi amplamente aclamado pela crítica, que elogiou sua atmosfera, ambientação, gráficos e áudio. No entanto, seus controles, qualidade da dublagem e sistema de inventário receberam algumas críticas, da mesma forma como os quebra-cabeças não foram bem recebidos por certos revisores. O jogo vendeu mais de quatro milhões de cópias no PlayStation e é o título de maior sucesso da franquia em uma única plataforma. Após seu lançamento, Resident Evil 2 foi incluído em várias listas dos 100 melhores jogos. Ele também foi portado para Microsoft Windows, Nintendo 64, Dreamcast e GameCube, além de ser lançado com uma versão modificada em 2.5D para o console portátil Game.com. Sua história foi recontada e desenvolvida nos vários jogos posteriores, sendo adaptada em uma variedade de obras licenciadas. Uma recriação foi lançada em janeiro de 2019 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Resident Evil 3: Nemesis, conhecido no Japão como Biohazard 3: Last Escape (バイオハザード3 ラストエスケープ, Baiohazādo 3 Rasuto Esukēpu?), é um jogo eletrônico de survival horror desenvolvido e publicado pela Capcom, lançado originalmente para o PlayStation em 1999. É o terceiro jogo da franquia Resident Evil, e ocorre antes e após os acontecimentos de Resident Evil 2.

A história centra-se em Jill Valentine e em seus esforços para escapar de Raccon City, uma cidade completamente infectada com um novo tipo de arma biológica secreta desenvolvida pela empresa farmacêutica Umbrella Corporation. O jogo usa o mesmo motor que seus antecessores e apresenta modelos 3D sobre fundos pré-renderizados com ângulos de câmera fixa. Ao contrário dos jogos anteriores, Resident Evil 3: Nemesis foi projetado para ser mais orientado para a ação. Ele apresenta um maior número de inimigos para serem derrotados e introduz a criatura Nemesis, que persegue periodicamente o jogador até o final do jogo.

Resident Evil 3 foi um sucesso crítico e comercial, vendendo mais de três milhões de unidades em todo o mundo. A maioria dos críticos elogiaram os gráficos por serem detalhados e a criatura Nemesis como um vilão assustador, mas alguns criticaram a curta duração do jogo e da história. Após o seu lançamento no PlayStation, o jogo foi posteriormente portado para Dreamcast, Microsoft Windows e GameCube.

Ano de Lançamento: 1996-1999
Gênero: Ação-Aventura, Tiro em 3ª Pessoa, Survival Horror
Tamanho: 1,31 GB
Região: “PT-BR”

Imagens do Jogos:

Resident Evil PlayStation Rebecca is now playing the piano

Resident Evil 2 PlayStation An R.P.D. member is injured.

Resident Evil 3: Nemesis PlayStation Zombie killing

Download – Magnet Torrent:

Como fazer download por Torrent?

LiPE HENRiQUE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *